Inovação

Insider trading: por que e como monitorar todos os canais?

Wittel
Written by Wittel

O mundo está cada vez mais conectado e dependente de recursos móveis para todo tipo de atividades. Ambientes virtuais (como redes sociais, aplicativos e sistemas de comunicação corporativos) nunca foram tão utilizados.

Isso faz com que a quantidade e o valor das informações que trafegam diariamente pelas mais diversas plataformas cresçam exponencialmente, aumentando os riscos do chamado insider trading.

Por esse motivo, a regularidade dos dados manipulados e a sua integridade devem estar entre as principais preocupações das companhias. Em operações de trading floor, por exemplo, tal questão deve ser uma prioridade, visto que o vazamento de informações privilegiadas pode implicar grandes prejuízos.

No entanto, como veremos ao longo deste artigo, é possível monitorar todos os canais de comunicação do negócio, estabelecendo o rigor e segurança necessários para as atividades. Acompanhe!

Por que monitorar os canais de comunicação da empresa é importante?

Como dito, hoje, grande parte das operações e atividades corporativas ganharam uma roupagem virtualizada, na qual a comunicação remota e o compartilhamento de informações se tornaram pilares.

Nesse sentido, canais de interação entre a empresa e seus clientes, como centrais de telefonia, redes sociais, entre outros, agora são ferramentas comuns para o trabalho dos colaboradores. Porém, esse cenário de modernidade também traz seus riscos.

A comunicação remota, seja verbal ou escrita, quando ocorre de forma deliberada e sem o devido monitoramento, pode dar margem para que fraudes e outros tipos de ações maliciosas ocorram.

Um exemplo disso é o aumento das chances de ocorrerem vulnerabilidades com o insider trading, expondo dados sigilosos da empresa e informações privilegiadas ao mercado de maneira totalmente prejudicial.

Em operações de trading floor, nas quais há a manipulação de dados sensíveis e que possuem um alto valor para a companhia, o monitoramento ativo de todos os seus canais de comunicação é uma necessidade.

Esse gerenciamento é a base para o reforço na qualidade das comunicações. A partir dele, são criados mecanismos de prevenção, ajudando gestores, líderes e tomadores de decisão nos aspectos que veremos a seguir.

Facilidade para identificar falhas

Com o auxílio da tecnologia, atualmente é possível que as empresas consigam controlar todo tipo de interação que é realizada em seus canais.

Softwares são capazes não só de acessar o conteúdo das mensagens trocadas, mas de entender e transcrever todas elas para bases de dados, as quais são utilizadas para a realização de auditorias e identificação de eventuais falhas na comunicação e na segurança das informações transacionadas entre a empresa e seus clientes.

Recursos dessa natureza, por exemplo, podem indicar expressões e palavras suspeitas e/ou não adequadas para o trabalho, facilitando o processo de identificação de inconsistências, sobretudo em ambientes corporativos em que há um grande volume de interações e a geração de uma alta quantidade de dados oriundos das comunicações.

Como reflexo dessa melhor gestão dos canais, o compliance da empresa também é beneficiado. Afinal, como a comunicação é rastreada e gera registros das interações feitas, os procedimentos de auditoria se tornam mais fáceis de serem executados e muito mais aprofundados, aumentando as chances de se encontrar fragilidades nas operações do trading floor.

Reforço na tomada de decisões

Outro ponto que merece destaque quanto à importância do monitoramento dos canais de comunicação em operações de trading floor é o reforço que tal ação representa no processo de tomada de decisões.

O fato é que a adoção de metodologias e recursos para gerenciar a qualidade e regularidade das comunicações gera uma grande quantidade de dados estratégicos sobre os próprios serviços da empresa.

Muito mais que identificar pontos de atenção, pode-se saber qual é a percepção dos clientes sobre os serviços da organização e quais são suas insatisfações. Além disso, é possível avaliar com mais critério a qualidade do atendimento prestado pelos operadores.

Munidos dessas informações, tomadores de decisão têm o suporte de que necessitam para decidir sobre os melhores ajustes a serem executados na empresa.

O que pode ser feito para otimizar o monitoramento?

Manter a integridade das informações manipuladas no trading floor, hoje, não é nenhum esforço impossível, já que a tecnologia trabalha a favor das empresas, fornecendo soluções para essas e muitas outras finalidades.

Sendo assim, para implementar um gerenciamento ativo dos canais da companhia, é preciso adotar as ferramentas e recursos certos nas suas atividades. A exemplo, podemos citar os seguintes:

Gravação de chamadas

A gravação de chamadas é um procedimento obrigatório nos moldes atuais que ajuda a manter o trading floor seguro. Além de ser parte essencial do atendimento ao cliente, as gravações ganharam outras utilidades, como servir para a identificação de tendências maliciosas.

Atualmente, novas soluções são capazes de realizar transcrições e análises apuradas do material gravado, facilitando buscas, auditorias e programas de compliance. Por meio das gravações, por exemplo, é possível checar o teor de conversas, identificando palavras e expressões maliciosas que indiquem possíveis fraudes.

Utilização das ferramentas adequadas

Não há dúvidas de que a regularidade e confiança das operações da empresa dependem da qualidade dos recursos empregados em suas atividades. Por isso, é fundamental investir nas soluções adequadas, de modo a alcançar a máxima performance nos processos.

Nesse sentido, a Wittel, única representante brasileira do IPC — maior fabricante mundial de aparelhos destinados ao mercado financeiro —, tem exatamente o que seu negócio necessita em termos de aparelhagem para as operações de trading floor.

Com um equipamento voltado para traders que participam de pregões e leilões, informações ágeis, estruturadas e seguras não serão problema na rotina do negócio.

As funcionalidades dos dispositivos ajudam em pontos estratégicos das atividades, assegurando o funcionamento mesmo em situações de desastre. Além disso, serão a chave para:

  • dinamizar as operações da empresa;

  • reforçar a performance das comunicações;

  • identificar pontos de atenção em relação a eventos fraudulentos;

  • aumentar a base informativa para a tomada de decisão e programas de compliance, a partir dos registros gerados nas gravações das chamadas.

Por fim, em um cenário de intensa competitividade e riscos, o monitoramento das atividades do negócio, sobretudo nos canais de comunicação, é uma medida essencial para minimizar a probabilidade de que a empresa sofra com o insider trading. Por isso, conhecer e investir em soluções adequadas é o melhor caminho para quem deseja proteger seu negócio.

Agora que você já sabe a importância do monitoramento dos canais da empresa, está na hora de dar mais um passo rumo à regularidade das operações do trading floor. Conheça melhor a solução da Wittel e se surpreenda!

About the author

Wittel

Wittel

Comemorando 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem.

Leave a Comment

Share This