Inovação

Por que fazer a integração de TI com o resto da empresa?

Wittel
Escrito por Wittel

Qual é a relação da TI na sua empresa com os outros departamentos e a operação como um todo? A busca por integração é, hoje, a prioridade em empresas do mundo todo que desejam se manter competitivas e encontrar novas formas de crescer.

Neste artigo, queremos discutir um pouco mais sobre o assunto. O que torna a área de TI mais estratégica? Quais são as vantagens de trazer esse importante setor para o centro do planejamento de negócio?

Responderemos a essas e outras perguntas neste post. Confira:

Um setor de TI mais estratégico

Até bem pouco tempo, o setor de TI de uma empresa era considerado como área de apoio para a operação principal do negócio. Basicamente, era quem mantinha as coisas funcionando para que os outros departamentos pudessem trabalhar.

Mas muita coisa mudou nos últimos anos. A transformação digital trouxe a tecnologia para o centro do planejamento e o redesenho de processos e ferramentas se tornou vital para a competitividade e para a busca de novos mercados.

Hoje, o setor de TI tornou-se o principal meio de inovação e empreendedorismo, mas só é possível assumir esse papel quando se está integrado ao resto da empresa, com soluções e práticas que conversem entre os departamentos e facilitem o caminho entre boas ideias e bons produtos por toda a cadeia operacional.

Por isso, gestores, diretores e donos de empresa do mundo inteiro estão repensando a forma como posicionar seus departamentos de TI estrategicamente. É impossível tirar o máximo de proveito da transformação digital se a equipe responsável pela área é apenas reativa e tem uma rotina exclusiva de apagar incêndios.

O time de TI deve estar integrado também nas decisões sobre o futuro do negócio. Em pouco tempo, quem não usar o poder do setor para estratégia e planejamento pode perder o fôlego para disputar com concorrentes mais ágeis, enxutos e flexíveis.

A importância das métricas

Você já deve ter ouvido que só pode ser melhorado o que é medido. Essa máxima do mundo dos negócios ganha cada vez mais importância para se posicionar sempre de maneira vantajosa no mercado.

Em um novo momento do mercado de busca por nichos e especialização de serviços, a inteligência de negócio para criar otimização, redução de custos e capacidade de manobra é a diferença entre encontrar novas oportunidades de crescimento e ficar para trás na qualidade de entrega.

E a área de Tecnologia da Informação assume, a partir de agora, uma função vital para garantir o sucesso. É dela que virão as metodologias mais adequadas para mensurar resultados e avaliar a saúde da empresa, além das ferramentas para interpretar dados, criar relatórios e apontar caminhos possíveis.

A filosofia de construir, medir e aprender das startups (Build-Measure-Learn) está se tornando regra para toda empresa que busca iteração em seu produto, resultados rápidos e estratégias mais flexíveis. Sem um bom suporte tecnológico, é quase impossível abraçar essa tendência.

Outras razões para a integração de TI

Existem ainda vários argumentos a favor de uma integração completa entre um setor estratégico de TI e os outros departamentos da empresa — tanto administrativos quanto operacionais. Veja mais alguns exemplos dessa união:

Falando a mesma língua

A inserção do TI à frente do planejamento e operação traz, para toda empresa, uma aproximação em questão de colaboração, comunicação e otimização de processos.

É como um tradutor universal e que funciona em tempo real para unir departamentos distintos. As soluções tecnológicas fazem a ponte entre as tarefas e criam um caminho único e fácil de se guiar. Assim, qualquer funcionário sabe como está contribuindo para que a empresa alcance seus objetivos.

Buscando as mesmas soluções

Por falar em objetivos, um departamento de TI estratégico pode tornar a identificação de problemas e a busca por respostas muito mais rápida e fácil, usando tecnologia para ajustar toda a operação em torno de uma solução em comum.

Aumentando a produtividade

A TI integrada à operação cria um ambiente de monitoramento, otimização e colaboração imbatível para melhorar o desempenho geral da empresa. Esse é um ganho visto tanto nas decisões da equipe quanto nas ferramentas, que unem todas as demandas em soluções centralizadas de controle, principalmente na comunicação entre funcionários e na automação de processos.

Reduzindo custos

Em uma empresa bem estruturada, aumentar a produtividade sempre significa reduzir custos. Além disso, uma TI que mede e interpreta dados de performance oferece aos gestores e diretores planos de ação que possibilitam fazer mais gastando menos.

Essa economia se dá no desenvolvimento ou na contratação de serviços que agilizam a operação, reaproveitam equipamentos dispensáveis e diminuem toda a estrutura física da empresa — um capital parado que pode ser utilizado no futuro para o investimento em inovação.

Transformando o marketing

Não é só na produção que essa integração traz benefícios à empresa. O marketing também pode ser profundamente afetado por uma boa gestão tecnológica.

Com uma TI participativa nas decisões do negócio, aumentam a qualidade e a relevância dos dados coletados sobre comportamento de público, momento de mercado e demandas não atendidas. A automação das pesquisas e da análise de informações é a fonte de todo o planejamento estratégico em uma competição por novos nichos e soluções lucrativas.

E são esses dados que poderão trazer mais poder para os setores de marketing e de vendas. As campanhas de uma empresa com TI integrada são mais direcionadas e têm uma taxa de conversão muito maior.

O futuro de transformação digital

Em resumo, a transformação digital dentro das empresas, assim como em todos os aspectos da nossa vida, trouxe novos desafios e oportunidades que só podem ser descobertos e atacados por meio da tecnologia de ponta. A TI reativa do passado se tornou um desperdício de dinheiro, de pessoal e de soluções de negócio.

A integração de TI é um caminho inevitável para o futuro. É a forma como os gestores trarão inteligência, otimização e flexibilidade para seus negócios.

Mas o que isso significa em um plano mais amplo? Se você deseja entender melhor o que o futuro guarda para o meio corporativo, é hora de entrar mais a fundo no assunto, conhecendo tudo o que você precisa saber sobre transformação digital!

Sobre o autor

Wittel

Wittel

Comemorando 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem.

Deixar comentário.

Share This