Conferências e Colaboração

Você sabe o que é telepresença? Conheça seus benefícios

Wittel
Written by Wittel

Agilidade, praticidade, interatividade, mobilidade corporativa e redução de custos. Certamente, essas palavras estão na lista de desejos de qualquer empresa que busca o crescimento no mercado atual. Mas como conseguir tudo isso em um momento de crise? Uma das respostas pode estar na telepresença. 

Você já deve ter assistido ao desenho animado Os Jetsons, criado nos anos 1960. O cartoon, idealizado pelo estúdio Hanna Barbera, imaginava como seria o futuro e, entre os itens inovadores, havia hologramas — instrumentos de realidade virtual que permitiam às pessoas conversarem em um mesmo ambiente, mesmo estando separadas por quilômetros.

Os hologramas dos Jetsons nada mais eram do que o embrião do conceito de telepresença, tecnologia que permite a diversas pessoas dividirem o mesmo ambiente a distância, sem perder nenhuma qualidade de interação. Essa inovação aplicada nas empresas facilita a tomada de decisões e traz uma economia de milhões de reais, que seriam gastos em viagens e contas telefônicas. Saiba mais!

Como a telepresença funciona? 

A telepresença existe devido ao enorme avanço da tecnologia, especialmente após a popularização da Internet, no início da década de 1990. Mas foi a partir de 1995, com o surgimento da Web 2.0, que a comunicação ganhou ainda mais elementos de interatividade. 

Por meio de câmeras e microfones de alta resolução e captação, combinados com a computação em nuvem — que permite a troca rápida de arquivos e informações —, os colaboradores espalhados em diversos cantos do planeta podem se reunir em tempo real sem a necessidade de deslocamento. 

Este é o principal conceito da telepresença: permitir que pessoas conversem em um mesmo ambiente como se estivessem cara a cara, embora não tenham se deslocado para tanto — e tudo isso é garantido por um sistema estável, para evitar contratempos e prejuízos à organização. 

Quais benefícios podem ser obtidos? 

Empresas muito ramificadas não chegam a ser uma raridade no país. Existem inúmeras organizações que possuem escritórios espalhados em diversas partes do Brasil — e do mundo —, atuando em várias frentes de negócio. 

Como se sabe, reuniões fazem parte da estratégia de todas essas companhias, mas nem sempre os encontros presenciais são viáveis. O custo elevado e o tempo necessário para o deslocamento de todos os participantes prejudicam a geração de negócios, já que impossibilitam a agilidade na tomada de decisão. 

No entanto, a telepresença vai muito além de possibilitar reuniões rápidas. Afinal de contas, o reconhecimento de que falta tempo para a maioria das pessoas é o que move o conceito. A partir disso, a tecnologia oferece uma conexão entre duas ou mais pessoas, mesmo que todos estejam separados por quilômetros de distância.

Uma das grandes vantagens do sistema é viabilizar encontros por meio de end points específicos, computadores ou dispositivos móveis em ambientes que se conectam entre si — com arquitetura e tecnologia diferenciadas, que viabilizam uma experiência imersiva por meio de imagem e som.

Assim, as salas de reuniões podem ser substituídas por ambientes virtuais de telepresença, de modo que todos os participantes conversem e troquem informações como se estivessem no mesmo local físico.

Seja qual for a necessidade da sua empresa, o fato é que existem tecnologias suficientes para cobrir a sua demanda da maneira mais adequada para os seus negócios. A questão é se preparar para investir em uma solução que, em pouco tempo, vai trazer diversos benefícios. 

Como a telepresença pode auxiliar na redução de gastos? 

O investimento inicial em telepresença pode assustar a quem ainda não se informou sobre a tecnologia. Entre a aquisição de equipamentos, softwares, instalação e manutenção, uma estrutura completa pode variar entre 30 e 500 mil dólares.

A diferença se dá em virtude das distintas tecnologias envolvidas e, claro, da necessidade de cada empresa. Quem precisa de mais equipamentos, naturalmente precisará pagar mais caro.

De fato, não é um investimento baixo. Mas a conta a ser feita deve envolver outros valores — e é aí que o negócio começa a ficar vantajoso. 

Empresas de grande porte podem gastar cerca de 2 milhões de reais mensais com viagens. Essa quantia envolve passagens, hospedagem, aluguel de carros, deslocamento e outros custos. É uma conta salgada, principalmente para organizações descentralizadas, que baseiam sua operação em diferentes locais do planeta.

Mas ainda há outro fator: a perda de negócios pela falta de mobilidade é enorme. Vivemos em uma época em que é preciso ter muita agilidade para conquistar e manter bons clientes, garantindo uma excelente lucratividade.

Trata-se de um custo menos palpável, mas igualmente relevante — tanto para os ganhos financeiros, quanto para a imagem da organização. 

Somando tudo isso, a redução de custos proporcionada pela adoção da telepresença faz com que a tecnologia se pague rapidamente. Obviamente que ainda existirão situações nas quais as viagens serão necessárias, mas elas deixarão definitivamente de ser uma rotina corporativa.

Onde a telepresença já é aplicada? 

Se você ainda não se convenceu do quanto a telepresença pode ser benéfica, que tal um exemplo contundente de uma área em que a tecnologia já funciona a todo o vapor? 

O setor de saúde é uma área em que a telepresença é amplamente utilizada, justamente pela praticidade e pela agilidade proporcionada.

Atualmente, cirurgias já são realizadas a distância, com os médicos comandando os aparelhos virtualmente. Da mesma forma, é possível realizar diagnósticos por meio de imagens de altíssima definição, proporcionando mais rapidez e acerto nos tratamentos, evitando consequências mais sérias para os pacientes.

E aí, decidido a iniciar os estudos para implementar a telepresença na sua empresa? Se você tem uma rotina extensa de reuniões e sua equipe não fica constantemente no mesmo local, é só colocar as contas na ponta do lápis para ver como essa solução pode ser interessante para os negócios.

Além do fator de inovação presente na ferramenta, sua empresa poderá economizar milhares ou até milhões em custos de viagens e deslocamentos de pessoal.

Se quiser saber mais sobre soluções tecnológicas para aprimorar o atendimento aos clientes e a comunicação organizacional, siga nosso perfil nas redes sociais e acompanhe as atualizações do blog! Estamos no FacebookTwitterYouTube LinkedIn!

About the author

Wittel

Wittel

Leave a Comment

Share This