Conferências e Colaboração

10 maneiras de deixar os seus treinamentos mais interessantes

Wittel
Written by Wittel

Os treinamentos corporativos são estratégias de longa data nas empresas. O principal objetivo é auxiliar o profissional a desenvolver suas habilidades e melhorar o desempenho da sua função.
Porém, nem sempre é fácil aplicar treinamentos dinâmicos que despertem o interesse de participação dos ouvintes.

Os colaboradores devem se sentir contemplados com a oportunidade de realizar treinamentos. Para isso, listamos aqui 10 maneiras de agregar valores aos treinamentos, que vão além do conteúdo programático.

Treinamentos

Eles fazem parte de um processo educacional que visam o desenvolvimento humano. Isso é importante, pois, qualificar o seu profissional é necessário para oferecer a melhor experiência aos clientes.

Dentre os benefícios, podemos citar:

  • Diminui o turnover;
  • Abaixa as taxas de absenteísmo;
  • Aumenta a produtividade;
  • Reflete em um melhor atendimento ao cliente;
  • Estimula a cultura corporativa.

Para concluir com eficiência e atingir os resultados acima, seus treinamentos precisam ser interessantes. Ofereça algo a mais, e tenha colaboradores motivados a darem o seu melhor.

Para saber mais, confira nosso artigo sobre como diminuir o turnover e o absenteísmo. [artigo ainda não publicado]

1. Interação

Uma das vantagens de realizar treinamentos, é a possibilidade de interação entre os colaboradores. Por isso, é interessante realizar atividades que estimulem o contato entre membros do mesmo time.
Essa interação desenvolve relacionamentos profissionais que deixam o ambiente de trabalho mais amigável e confortável.

Confira aqui 7 maneiras de melhorar o ambiente de trabalho.

2. Integração

O bom funcionamento de uma empresa depende de diversas pessoas trabalhando em conjunto e em um único propósito. Com isso em mente, a segunda dica é mesclar, em dinâmicas, times de diferentes áreas e ramos da empresa. O intuito da integração é que as pessoas sintam empatia e percebam-se como parte do trabalho do outro.

3. Pesquisa

Para acertar na hora de realizar os treinamentos, é imprescindível que seja feito um levantamento de dados antes. Faça uma pesquisa interna com temas preferidos – dentre os que são necessários tratar – com os funcionários.
Descubra seus gostos, hobbies e expectativas profissionais. Ao conhecer bem seu público, fica mais fácil planejar e conduzir os treinamentos.

4. Simulação de liderança

Os líderes são peças-chaves dentro das empresas. São eles que gerenciam pessoas, estabelecem metas e auxiliam os colaboradores a se desenvolverem.

Dessa forma, uma dica é separar as pessoas em grupos e escolher um para simular o papel do líder. O grupo deve conseguir atingir os objetivos propostos da gincana de maneira organizada. Esse treinamento poderá revelar talentos secretos e contribuir para a empatia com os líderes de equipe.

5. Troca de papéis

A troca de papéis é uma estratégia que visa melhorar o clima organizacional da empresa. O desafio é, então, que um grupo troque de função com outro área, por um determinado momento. Essa troca mostra a importância e os desafios do trabalho do próximo, o que gera mais respeito e admiração entre a equipe.

6. Gamificação

Uma estratégia dinâmica para fazer nos treinamentos é a gamificação. Nada mais é que unir diversão com aprendizado. Você pode utilizar jogos de carta, tabuleiros, aplicativos e jogos virtuais para montar equipes. Eles deverão solucionar casos e trabalhar em conjunto para vencerem.
Como forma de incentivo, ofereça atribuição de badges e troféus aos que apresentarem melhor desempenho.

7. Tecnologia

A modernidade trouxe muitas inovações e facilidades para o cotidiano das empresas. Por isso, uma dica é inovar nos recursos na hora de realizar treinamentos.

Utilize novas tecnologias para horizontalizar a comunicação entre time e líderes. Você pode promover palestras online e webconferências para se aproximar, mesmo longe. Além de reduzir custos com viagens, é possível compartilhar tela e materiais didáticos.

Para saber mais, confira nosso artigo sobre como realizar treinamentos pela internet

8. Explicar

Nem sempre os colaboradores compreendem o porquê de participarem de treinamentos. Questões como “qual a utilidade?” ou “como posso usar essas informações?”, são comuns de aparecer. Por isso, logo na introdução, traga soluções e dados sobre os benefícios do treinamento. Exemplos reais de aplicação também são importantes para favorecer a compreensão e interesse.

Explicações de “porquês”, não apenas de “como”, vão estimular o aprendizado e participação dos funcionários.

9. Comunicação

Não importa qual for sua estratégia e modo de treinamento, um requisito que não pode faltar é a comunicação! Separe um tempo e escute o que seus funcionários têm a dizer. O feedback deles é tão importante quanto o conteúdo em si.
Façam com que se sintam à vontade para perguntar, agregar informações e sugestões. Eles possuem experiências valiosas que são pertinentes para compartilhar com os demais.

10. Diversão

E por último, a diversão é outro aspecto necessário na hora dos treinamentos! O clima se torna mais agradável e descontraído, o que prende mais a atenção e desperta o interesse em participar da programação.

Além da gamificação, você pode inserir vídeos humorísticos, atrações engraçadas e brincadeiras descontraídas, como charadas e quiz.

Confira aqui como aumentar o rendimento dos funcionários.

Gostou?
Baixe aqui o infográfico sobre o panorâma da comunicação interna e descubra o que tem acontecido na área da comunicação corporativa.

About the author

Wittel

Wittel

Comemorando 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem.

Leave a Comment

Share This