Conferências e Colaboração

Qual a diferença entre VoIP e PSTN?

Wittel
Escrito por Wittel

As ligações pela internet e a telefonia tradicional — respectivamente, VoIP e PSTN — hoje coexistem harmonicamente. Mas, depois de décadas de domínio das linhas comuns, cada vez mais empresas têm migrado para alternativas mais baratas em VoIP.

Se em seus primeiros tempos as ligações via internet eram marcadas por diversos problemas de desempenho, hoje a situação é bem diferente: suas vantagens são tão marcantes que acabam se sobressaindo sobre eventuais problemas técnicos.

Por outro lado, muitas empresas ainda resistem em trocar a confiabilidade e a segurança das linhas PSTN — afinal, só porque algo é antigo não significa que não seja bom, certo?

Neste texto, você vai conhecer as principais diferenças entre esses dois tipos de telefonia, além de entender por que o VoIP tem conquistado cada vez mais espaço no mercado. E aí, ficou interessado? Então continue com a gente e siga a leitura!

O que é PSTN?

A PSTN (Public Switched Telephone Network, ou Rede Telefônica Pública Comutada) é o sistema de telefonia tradicional que, originalmente, transmitia dados de voz analógicos por meio de fios de cobre.

Interligada por centrais telefônicas (comutadores de circuito), linhas telefônicas, cabos de fibra óptica, links de transmissão de micro-ondas, redes celulares, satélites de comunicação e cabos telefônicos submarinos, a rede PSTN hoje é toda digitalizada e permite que os telefones se comuniquem com facilidade e precisão.

O que é VoIP?

Já o VoIP (Voice over Internet Protocol, ou Voz sobre Protocolo de Internet) usa o que chamamos de telefonia comutada por pacotes: a informação de voz viaja para o seu destino em inúmeros pacotes de rede individuais por meio da internet.

Esse tipo de comunicação apresenta desafios especiais, já que a internet não foi realmente projetada para o tipo de comunicação em tempo real que uma chamada telefônica representa. Por isso, o VoIP emprega esquemas de codificação e tecnologia de compactação para reduzir o tamanho dos pacotes de voz, de modo que possam ser transmitidos com mais eficiência.

VoIP e PSTN: quais as principais diferenças?

Por mais que o VoIP tenha revolucionado a comunicação por voz, a experiência de fazer uma ligação continua a mesma: você pega o telefone e digita um número. O mesmo ocorre quando você recebe a chamada — o telefone toca e você atende.

Nos bastidores, entretanto, muitas coisas são bem distintas. A seguir, conheça algumas das principais diferenças.

Tecnologia

Como vimos anteriormente, as chamadas de voz viajam pelas linhas de cobre na telefonia tradicional — a PSTN utiliza a tecnologia de comutação de circuitos para realizar essa tarefa.

O VoIP, por outro lado, roteia essas chamadas por meio de redes de dados, como a internet ou LANs corporativas internas. Para isso, é usada a tecnologia de comutação de pacotes — o mesmo princípio subjacente a todas as formas de comunicação na internet.

Preço

Quando uma chamada é feita pelo telefone fixo tradicional, os circuitos são abertos do local do chamador até a outra pessoa. Todo o circuito tem que ser mantido aberto durante a duração da chamada, o que explica por que as chamadas de longa distância são mais caras.

Quanto mais distância uma chamada tiver que percorrer, mais circuitos terão que ser abertos e retidos, já que nenhuma outra chamada pode percorrer a mesma rota.

Com o VoIP, a voz humana é convertida em pacotes de dados que são enviados ao seu destino. Esses pacotes não precisam viajar juntos e, na verdade, muitas vezes tomam rotas diferentes para chegar lá. Apenas no outro extremo são então montados na ordem correta e convertidos em som.

Além disso, como o VoIP utiliza as conexões de internet que já estão disponíveis — e não uma rede própria —, isso permite que as operadoras cobrem apenas uma fração do preço quando comparadas às empresas de telefonia.

Disponibilidade de recursos avançados

De modo geral, as linhas para negócios e clientes domésticos têm distinções bem claras. É muito comum que os recursos avançados das linhas profissionais tenham um custo incompatível com a realidade de um pequeno negócio ou profissional freelancer, por exemplo.

Já o VoIP torna esses recursos de negócios mais acessíveis para pequenas empresas e empreendedores. Em muitos casos, a única diferença entre o serviço para consumidor comum e para empresas é o portfólio de recursos oferecidos.

Requisitos de energia e internet

Uma das maiores vantagens do serviço telefônico comum é que os instrumentos não exigem uma fonte de energia externa. Assim, mesmo que a energia e a internet sejam interrompidas, os telefones continuarão funcionando — o que pode ser inestimável durante um desastre ou uma emergência.

O VoIP, por outro lado, requer sempre uma fonte de energia e uma boa conexão à internet para fazer ou receber chamadas.

Rede de operações

Os telefones fixos já existiam há muito tempo como uma rede à parte, separados de outros serviços digitais, como e-mail ou mensagens instantâneas. Nos primórdios da internet, isso não era um grande problema — mas, ao longo do tempo, a conectividade online se tornou parte integrante dos fluxos de trabalho.

O VoIP preenche essa lacuna ao trazer as chamadas telefônicas para a mesma rede de outras formas de comunicação, como vídeo, e-mail, mensagens instantâneas e transferência de arquivos. Hoje, os sistemas VoIP estão integrados a vários aplicativos corporativos para facilitar a transferência de dados e tornar os processos mais eficientes.

Mobilidade

Com o telefone fixo, os clientes ficam restritos a usar um único instrumento em determinado local, já que o número do telefone é anexado ao local físico por meio de códigos de área.

No VoIP, contudo, as coisas funcionam de maneira diferente: qualquer número de telefone adquirido é atribuído a você e pode ser usado para fazer chamadas de qualquer dispositivo compatível — seja ele um telefone de mesa, computador, celular ou tablet.

Como o número não está vinculado a um local físico, você pode levá-lo se estiver em movimento — um recurso particularmente útil para promover a mobilidade corporativa, já que não há necessidade de esperar que um técnico transfira fisicamente as linhas de um lugar para o outro.

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre VoIP e PSTN, que tal conferir as vantagens de se adotar a análise de dados no seu contact center? Até o próximo artigo!

Sobre o autor

Wittel

Wittel

Comemorando 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem.

Deixe um comentário

Share This