Insights

5 principais tendências do mercado financeiro

Escrito por Wittel

A tecnologia veio mudar muita coisa no meio empresarial, especialmente na última década. Uma pesquisa de inovação bancária realizada pela FEBRABAN no ano passado, mostrou que os bancos aumentaram em 48% os investimentos em tecnologia. Além das melhorias empreendidas na cadeia produtiva, também verificamos mais recentemente, algumas mudanças bem interessantes, que vêm se mostrando verdadeiras tendências.

Inovações que otimizam a experiência do cliente, potencializam a segurança digital dos usuários e das instituições e o uso de estratégias multiplataforma, são alguns dos desafios que devem ser conhecidos por todos que desejam obter mais sucesso no competitivo mundo dos investimentos.

Preparamos para você este artigo com as 5 principais tendências do mercado financeiro, conheça um pouco mais sobre elas.

Experiência do Cliente

Já há alguns anos, a tecnologia vem revolucionando o mercado como um todo, bem como a forma das pessoas comprarem e consumirem. De acordo com dados do World Banking Retail Report, cerca de 63% dos consumidores usam serviços digitais. Com isso, as Fintechs acabaram conquistando mais clientes com ofertas rápidas, facilitadas e econômicas.

Esse movimento gerou uma grande necessidade por parte das instituições do setor, de colocarem o cliente no centro de suas estratégias e buscarem novos produtos. É preciso que as empresas conheçam o perfil de seus públicos, entendam seus problemas e desejos, e mais do que isso, ofereçam serviços que façam sentido e os ajudem em suas dores.

LGPD

Com a chegada da LGPD em 2020, muita coisa está se transformando no mercado, e não poderia ser diferente com o ramo financeiro. Informações da Associação Brasileira de Empresas de Software indicam que cerca de 60% das empresas brasileiras ainda não estão adaptadas à LGPD.

As instituições financeiras precisam estar atentas a essas mudanças e adequarem seus sistemas, tecnologias e políticas de armazenamento de dados. O principal ponto-chave da LGPD aplicado a este setor é a garantia de interoperabilidade, acessibilidade e, principalmente, segurança sistêmica, sempre seguindo as padronizações e regulamentações exigidas por lei.

PIX e Open Banking

Junto com a estreia do PIX no mercado brasileiro, o conceito de Open Banking vem trazendo mais opções de produtos e serviços financeiros. Também conhecido como sistema bancário aberto, ele utiliza uma plataforma tecnológica padronizada que garante maior liberdade e flexibilidade na troca de informações financeiras confiáveis. Essa solução, além de reduzir custos para as instituições (e consequentemente para os usuários) também é mais transparente e segura.

Já o PIX, que possibilita transferência instantânea, entrou em vigor em 2020 e já vem ganhando muitos adeptos. Em apenas 2 semanas, o PIX já movimentou cerca de R$ 24 bilhões de reais.

Open Finance

Se o Open Banking trata de um sistema bancário aberto, o Open Finance abrange todo o sistema financeiro. Com as iniciativas do Banco Central para integrar segmentos, que hoje estão desagregados, o Open Finance fornece ao cidadão maior poder e controle sobre seus dados, além dos produtos e serviços utilizados.

Com isso, as grandes instituições do mercado financeiro ganham novos concorrentes, e os usuários por sua vez podem escolher e receber ofertas bancárias mais personalizadas e baratas, além de soluções que os ajudem a gerir melhor suas finanças.

Omnichannel

Com um modelo de negócio mais ágil praticado pelas Fintechs, as expectativas do consumidor com relação a um atendimento integrado e multicanal aumentaram. A facilidade de tratar sobre seus assuntos bancários a qualquer hora e em qualquer lugar, revolucionaram os antigos sistemas de atendimento, que dependiam das agências e do contato pessoal com gerentes e atendentes.

Segundo pesquisas da FEBRABAN, o Mobile Banking está tornando-se cada vez mais um canal-chave para contratação de produtos e transações financeiras. Diante disso, manter a personalização, possibilitar um contato rápido e prático pelos dispositivos móveis e oferecer soluções de autoatendimento são práticas essenciais para atender esse novo usuário.

À medida que a tecnologia se desenvolve, novas soluções são criadas e, assim, vemos surgir novas tendências do mercado financeiro. Por isso, é importante se manter sempre atualizado, para não perder essas oportunidades, pois o que parece muito diferente e inovador hoje, pode representar o investimento do futuro!

Que tal compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e deixar os seus amigos por dentro das principais tendências do mercado financeiro? Além de ajudá-los a conhecer outras opções de investimentos, vocês podem discutir e pensar sobre a próxima aplicação.

FONTES: noomis FEBRABAN, Consumidor Moderno, SAP, Distrito.me

Sobre o autor

Wittel

Deixe um comentário

Share This