Insights

Como usar todo o potencial de um webinar na sua empresa?

Wittel
Written by Wittel

Você deve ter ouvido falar em webinar algumas vezes, já que essa é uma tendência em ascensão na internet. Mesmo que ainda não tenha participado de algum, com certeza você sabe do que se trata.

Como o nome sugere, webinar é um seminário online — com objetivos instrucionais ou corporativos — e, entre suas maiores vantagens, está a capacidade de atingir um maior número de pessoas sem que, para isso, elas precisem se deslocar para um espaço com toda a infraestrutura necessária para esse encontro.

Em um webinar, tudo ocorre ao vivo — por videoconferência — e, contando com as ferramentas ideais e com um bom planejamento, o resultado pode ser superior ao de um seminário presencial.

Assim, esse formato tem deixado de ser privilégio da educação a distância para invadir o ambiente corporativo, tanto para treinamentos como para ações de marketing ou transmissões de eventos.

Consegue perceber o potencial desse formato para a sua empresa? Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Qual é o público de um webinar?

Sua empresa pode utilizar o webinar para seu público interno, substituindo uma palestra instrucional, como parte de uma capacitação, por exemplo — ou mesmo em eventos, para promover a cultura organizacional.

Para o público externo, o webinar pode ser usado para lançar um produto ou serviço. Nesse caso, as leads e os clientes já fidelizados são convidados a participar do evento em que alguma autoridade no assunto vai apresentar a novidade. Também é possível criar seminários online com temas de interesse do seu público — com o objetivo de gerar engajamento e também de melhorar o relacionamento com seus clientes.

Por que fazer um webinar?

Internamente, essas conferências podem ser realizadas como treinamento — e isso é interessante porque desobriga os colaboradores a deixarem os postos de trabalho para participar do evento, além de possibilitar que funcionários de diferentes unidades da empresa possam assistir à capacitação sem que haja deslocamento ou diferenças no conteúdo.

Webinars, como ações de marketing, trazem ainda inúmeros benefícios que justificam o seu uso no ambiente corporativo. Entre eles, destacamos:

  • prendem a atenção do público: você consegue ter uma audiência mais atenta em um evento desses do que teria apenas postando o conteúdo em um blog, por exemplo;

  • provoca engajamento: o vídeo ao vivo, com possibilidade de interação, faz com o que público participe mais, mandando questionamentos e opiniões;

  • denota autoridade: um palestrante com domínio no assunto transmite essa segurança de quem sabe o que fala;

  • aumenta o tráfego: é possível que muitos dos espectadores do webinar tenham esse evento como o primeiro contato com o site da sua empresa;

  • gera e qualifica leads: as pessoas interessadas na sua conferência vão se inscrever para participar, deixando o endereço de e-mail. Isso possibilita que elas sejam contatadas futuramente com assuntos relevantes. Da mesma forma, quem já participou de algum evento como este tende a voltar, buscando mais conhecimentos;

  • converte leads em clientes: um webinar com informação de qualidade pode, facilmente, converter interessados em clientes;

  • melhora o relacionamento com o público: promova eventos exclusivos para seus clientes, de forma que eles sintam especiais.

Como fazer um webinar?

O primeiro passo para produzir um webinar é a escolha do tema. No caso de treinamentos, isso é mais fácil, porque vai atender a uma demanda explícita doa colaboradores ou dos gestores da empresa. Mas, em webinars voltados para o seu público consumidor, é preciso entender quais assuntos trariam mais resultados para a empresa, procurando saber os temas de interesse dessas pessoas.

Uma vez definido o tópico, é necessário escolher uma data e, depois, vem a preparação do evento, que costuma se dar com os seguintes passos:

Divulgação do palestrante convidado

Trazer um palestrante convidado pode ser interessante para conferir mais autoridade ao evento. Dessa forma, escolha uma pessoa que seja referência no assunto a ser tratado. Além disso, é interessante contar com alguém da empresa participando do seminário, para que a presença da sua marca fique mais clara para os participantes.

Escolha da plataforma

Existem muitas tecnologias que podem ser usadas para transmitir um vídeo ao vivo, inclusive muitas delas gratuitas e conhecidas por todos.

No entanto, como a sua conferência tem um caráter mais exclusivo, não é interessante optar por plataformas que não garantam o sigilo das informações.

À medida que a sua empresa for explorando cada vez mais as possibilidades do formato, você vai perceber a vantagem de contar com uma solução sob medida para o seu negócio.

Elaboração da landing page e divulgação

A landing page é uma página simples, na qual os interessados farão a inscrição em seu webinar.

Os dados que constam na página são poucos, como data e horário do evento, uma breve descrição sobre o assunto abordado e os profissionais convidados a participar. Assim, a pessoa interessada vai preencher um formulário com seu endereço de e-mail, por onde receberá todas as informações sobre a conferência.

Para divulgar seu webinar, use as redes sociais, o blog da empresa e também envie e-mail a seus clientes fiéis.

Roteirização da aula e preparação do material

Um evento online costuma ser rápido, com duração média de uma hora. Por isso, tudo precisa ser bem planejado. Uma estrutura possível é a seguinte:

  • apresentação do palestrante e da empresa: 5 a 10 minutos;

  • exposição do tema: 30 minutos;

  • perguntas do público: 10 minutos.

O tempo de exposição pode variar de acordo com o tema escolhido e com abordagem. No entanto, não se recomenda estender mais as outras partes do seminário.

No caso de um vídeo promocional, você pode utilizar os minutos finais da exposição para demonstrar o produto e abrir para perguntas e dúvidas dos consumidores. Também é interessante convidar o público para conhecer mais a empresa, assinando a newsletter ou acompanhando as novidades pelas redes sociais.

Como dissemos, o webinar é um evento rápido e uma exposição puramente oral pode fazer com que a audiência se perca em meio às informações. Por isso, é necessário que utilizar recursos visuais interessantes. Usando Power Point ou Prezi, por exemplo, faça uma apresentação que enfatize as informações mais importantes de forma resumida e visualmente interessante.

O webinar é uma excelente forma de estabelecer contato com seu público! Por isso, não deixe de considerar o uso de apresentações ao vivo em sua empresa. Planejando bem, é possível entregar informação de qualidade para um público interessado e engajar ainda mais seus consumidores!

Caso queira saber mais sobre ferramentas para teleconferências, além de receber conteúdos relevantes sobre o tema, assine a nossa newsletter.

About the author

Wittel

Wittel

Leave a Comment

Share This