Conferências e Colaboração

Qual é a importância da comunicação integrada nas organizações?

Wittel
Escrito por Wittel

O desenvolvimento da tecnologia oportunizou a criação de diversas ferramentas de comunicação e ampliou de forma significativa os pontos de contato entre cliente e marca. Com o mercado cada vez mais disputado, as empresas que sabem utilizar essa ampla gama de recursos saem na frente dos concorrentes.

Nesse sentido, a comunicação integrada surge para organizar o fluxo de informações, alinhar mensagens e fazer com que a empresa atinja o seu público-alvo de forma precisa, tornando-se peça-chave para o sucesso de estratégias de crescimento.

Neste artigo, vamos explicar o que é comunicação integrada, qual a sua importância e quais são os benefícios observados pelas empresas que a adotam. Além disso, vamos demonstrar como alinhar de forma eficiente os fluxos de mensagens internas e externas da empresa. Boa leitura!

O que é comunicação integrada?

A comunicação integrada é a soma alinhada de estratégias e ferramentas que uma empresa utiliza para transmitir mensagens a clientes, colaboradores, fornecedores, comunidades, ou seja, a qualquer grupo que se relaciona com o negócio (stakeholders).

Esse formato pode ser adotado por pequenas, médias ou grandes empresas. Além disso, ele pode ser separado em atividades diferentes:

A coordenação de todos esses grupos cria a comunicação integrada. A escolha da linguagem utilizada, dos objetivos, dos canais e dos formatos deve estar ordenada para que a empresa comunique com precisão e sem ruídos.

Qual é a importância da comunicação integrada?

Por muito tempo, as empresas atuaram com a separação das áreas de marketing, publicidade, vendas, relações públicas, assessoria de imprensa e de outros segmentos que lidam com a comunicação. Esse formato prejudicava o fluxo de processos e, em diversas ocasiões, transmitia mensagens que conflitavam entre si.

Esse problema ganhou ainda mais relevância com o surgimento da internet e da multiplicação dos canais e das informações transmitidas diariamente pelas empresas. Um comunicado indevido publicado nas redes sociais, por exemplo, pode rapidamente viralizar e causar sérios prejuízos para a reputação da empresa.

Para evitar esse tipo de situação, é preciso que profissionais de diferentes especialidades atuem em conjunto e de forma convergente.

Quais são os benefícios da comunicação integrada?

A coordenação estratégica da comunicação oportuniza diversos benefícios para a empresa. Além de diminuir as chances de crises, como já explicamos, é possível afirmar que a integração:

  • reduz despesas com ações ineficazes;

  • constrói de forma efetiva o posicionamento da marca;

  • diminui a ocorrência de boatos entre os colaboradores;

  • reduz a rivalidade entre times;

  • aumenta os resultados positivos.

As vantagens motivadas pela comunicação integrada são constatadas tanto no ambiente externo quanto no interno da empresa. Isso demonstra a importância da organização dessas ações para o crescimento do negócio.

Como alinhar a comunicação interna com a comunicação externa?

Adote o mesmo tom de voz

A comunicação integrada começa pelo alinhamento do discurso entre as áreas e as plataformas escolhidas para transmitir as mensagens. Esse tom de voz deve refletir a cultura da empresa, ou seja, precisa estar em consonância com a missão, os valores e o posicionamento da marca perante o mercado.

Por exemplo, às empresas que trabalham com investimentos e têm um público-alvo conservador, não é recomendado utilizar uma linguagem descontraída e cheia de gírias para se comunicar. Isso deve ficar claro para os colaboradores e, portanto, também vai se refletir no formato da comunicação interna.

Mensagens incoerentes com a imagem que o negócio deseja projetar confundem os receptores, que podem não compreendê-las e, assim, afastam-se da marca. Ao unificar o discurso, a empresa se torna coesa e consegue dialogar com clareza com todos os grupos de interesse.

Use a tecnologia

O desenvolvimento da tecnologia derrubou barreiras e permitiu a aproximação de membros de uma equipe — estejam eles separados por pequenas ou longas distâncias.

Comunidades virtuais (como o Facebook) e plataformas colaborativas (como o Google Drive) possibilitam construir projetos em tempo real com a participação instantânea dos colaboradores.

Essa agilidade é fundamental para incluir, no fluxo de comunicação, agências terceirizadas ou equipes presentes em filiais distantes, que, dessa forma, podem opinar, influenciar e enriquecer o processo de trabalho.

Nesse sentido, as videoconferências ganham importância significativa. A ferramenta Webex Teams, por exemplo, permite compartilhar documentos e mídias durante a reunião virtual. O aplicativo também disponibiliza o recurso para gravar o encontro a fim de disponibilizá-lo em outras ocasiões.

Isso tudo sem exigir altos investimentos da empresa. A partir de um smartphone (com sistema Android ou iOS), o colaborador tem acesso a esses recursos e pode ficar 100% conectado ao que acontece na empresa.

Desenvolva canais de comunicação interna

O fluxo interno de comunicação deve fluir de forma contínua e eficiente a fim de que os colaboradores se mantenham alinhados e transmitam ao público externo mensagens alinhadas ao propósito da empresa.

Para que essa realidade seja alcançada, a empresa deve investir em canais próprios de comunicação interna. Essas ferramentas auxiliam na distribuição da informação, diminuem a ocorrência de rumores e são fundamentais em situações de crise.

As ferramentas de comunicação corporativa mais utilizadas são:

  • jornal ou revista interna (house organ);

  • murais;

  • intranet;

  • e-mail corporativo.

A seleção desses canais varia conforme o perfil dos colaboradores da empresa. Equipes que trabalham no processo produtivo de fábricas, por exemplo, normalmente são atingidas por murais de mensagens, por treinamentos e pela ação do líder.

Assim, seria ineficaz utilizar o e-mail ou a intranet para conversar com esses segmentos. Por outro lado, equipes de vendas estão em constante movimento, o que exige uma comunicação móvel para atingi-las com rapidez.

A comunicação integrada é responsável, portanto, por alinhar as mensagens transmitidas por uma empresa a seus públicos, sejam eles internos ou externos. Esse cuidado permite à empresa informar sem ruídos sua proposta de valor e o seu posicionamento no mercado.

Além disso, essa estratégia de comunicação possibilita ao negócio criar ações mais efetivas, melhorar o clima interno e, assim, aumentar os resultados positivos.

Portanto, para ter sucesso no alinhamento das comunicações interna e externa, é recomendado que a empresa adote um único tom de voz, introduza tecnologias que facilitem o contato entre os colaboradores e desenvolva canais de comunicação voltados ao público interno.

Entendeu a importância da comunicação integrada para as empresas? Gostaria de ter acesso a mais conteúdos como este? Então, acesse a nossa newsletter e passe a receber em sua caixa de entrada todas as atualizações do blog!

 

Sobre o autor

Wittel

Wittel

Comemorando 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem.

Deixe um comentário

Share This